CMA de 2ª classe para Operador de Equipamentos Especiais não é mais emitido

Publicado em: 17 de janeiro de 2019
Categorias: Blog

Operadores de Equipamentos Especiais não precisam mais realizar inspeção de saúde para obtenção ou renovação do Certificado Médico Aeronáutico (CMA) de 2ª classe.

A decisão foi divulgada pela ANAC – Agência Nacional de Aviação Civil, em dezembro de 2018, com efeito imediato.

A ANAC justificou a medida considerando “a nova lei do aeronauta, Lei 13.475 de 28/08/2017, que define a designação de tripulantes; e a Resolução ANAC nº 498, de 12/12/2018, que revoga a  IAC 3255-0386, intitulada “Concessão de Certificado de Operador de Equipamentos Especiais”.

“Informamos que não são mais aplicáveis os requisitos para emissão de CMA de 2ª classe – Operador de Equipamentos Especiais”, diz o comunicado.